Pudim de Veludo ou de Paris

Hoje preparamos um Pudim de Veludo, também chamado Pudim parisiense, uma deliciosa mistura entre bolo e pudim, com uma textura super cremosa, um sabor suave a nata e um aroma delicado a baunilha, uma combinação irresistível!

Esta deliciosa receita é um clássico da pastelaria francesa e, como todas as receitas tradicionais, tem muitas versões e diferentes formas de prepará-la. Eu vou te dizer qual é o meu, vamos começar!

  • Ingredientes
  • 1 folha de massa quebrada
  • 3 ovos e uma gema (tamanho L)
  • 1 litro de leite
  • 190 g de açúcar
  • 120 gr de amido de milho
  • 400ml de Natas
  • sabor de baunilha

Preparação

  1. Começaremos colocando os três ovos inteiros com a gema em um prato e batendo-os como se fossem para uma omelete.
  2. Por outro lado, separamos em uma tigela uma parte do leite, o equivalente a uma xícara. Também colocamos aqui o amido de milho e misturamos com as varetas até que esteja bem dissolvido e não haja grumos. Agora adicione o açúcar, misture novamente e adicione também os ovos batidos e o aroma de baunilha (quantidade a gosto, costumo adicionar 2 colheres de sopa para este pudim) e misture novamente até que tudo esteja bem integrado.
  3. Aqueça uma panela com o restante do leite e o creme de leite. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e adicione a mistura que acabamos de fazer na tigela. Agora temos que continuar cozinhando em fogo baixo e mexendo sempre com a vareta para que não se formem grumos e a massa não grude no fundo da panela. Vamos colocá-lo no fogo por cerca de 10 ou 15 minutos, apenas o suficiente para que o Maya engrosse e tenha uma textura semelhante a um creme (você pode ver como deve ficar no vídeo). fogo e deixe esfriar enquanto preparamos o molde com massa
  4. Para fazer o pudim de massa ou pudim parisiense costumo usar uma forma circular com cerca de 24 cm de diâmetro e removível, assim fica mais fácil desenformar depois. Temos que colocar a folha de massa quebrada no molde, tomando cuidado para não quebrar, ajustando-a ao máximo às bordas e retirando a parte em excesso. Assim que estiver bem assentado no molde, vamos picá-lo no fundo com um garfo para garantir que não cresça no forno.
  5. Agora é só despejar no fogo o creme que havíamos preparado anteriormente e que já terá temperado sobre a massa quebrada. Levamos a forma ao forno, que deve estar pré-aquecido e temos que fazer o pudim em forno forte, 190-200ºC, até o creme e a massa ficarem dourados. Cada forno é diferente, mas no meu caso, o pudim demorou cerca de 50 minutos para ficar pronto, após esse tempo o pudim estava bem torrado e a massa cozida. Embora possa parecer que o pudim ainda está mole por cima e treme um pouco, tenha em mente que este pudim deve descansar bem para terminar de assentar, por isso devemos retirá-lo do forno, deixar esfriar à temperatura ambiente e, por fim, manter leve à geladeira por algumas horas para terminar de assentar, pelo menos 4 horas, melhor durante a noite.

Fonte: https://amimaneracocinando.com/

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *